Rotina de Vendas

3 coisas que aprendi com vendas e vou levar para a vida

Vendas está relacionado com o sucesso de qualquer negócio. Você está sempre vendendo, mesmo que o seu contrato não inclua vendas diretas. Possuir uma base sólida na habilidade de vendas pode te dar uma ampla vantagem sobre seus colegas e concorrentes. Se você não trabalhou com vendas ainda, eu recomendo que invista um tempo pelo menos estudando esta área, não só para começar a aprender sobre atendimento, negociação, descontos, mas também para se tornar um profissional completo. Por isso eu vou listar 4 coisas que eu aprendi trabalhando com vendas:

 

1- Trabalhar com Metas:

A área comercial é uma área de muita pressão. Exige muitos resultados importantes para a empresa. As metas é o que vai motivar o vendedor a vender mais. Cada vendedor tem sua motivação, pode ser a superação pessoal, a vontade de ser o melhor vendedor, ou a ambição financeira (por parte das comissões).

O desafio de trabalhar  com  metas é que elas podem tanto te incentivar a vender mais, como também podem te desmotivar se você não estiver indo bem. Quando você decide trabalhar na área de vendas, você tem que estar preparado para aprender a trabalhar com metas ousadas. Não pode perder oportunidades e nem tempo. Ser proativo e ir atrás do seu objetivo é essencial. Certa vez, em um momento de dificuldades com as minhas metas, eu ouvi de um gestor que se eu passasse por aquele momento, eu passaria por qualquer coisa. Eu diria que as metas de vendas te preparam para a vida, você adquire organização, rapidez, foco, resiliência e inteligência emocional.

 

2- Resiliência

Até parece clichê! Em todo novo emprego ou desafio profissional, uma das coisas que mais ouvimos é que temos que ser resilientes, e eu concordo. Só que em vendas, tem uma palavra que nos acompanham: o “não”. Ouvimos isso quase todos dias. Quando você está nervoso, final do mês, com sua meta para bater. Ouvir um “não” é muito desmotivador. Nestsas horas aprendemos a ser resiliente.

Em uma das minhas experiências com vendas, eu não estava conseguindo atingir a minha meta do mês. Tudo o que eu fazia tinha um resultado negativo, seja em ligação ou em reunião. Comecei a ficar desesperada e sem um norte. Eu estava há uns meses ali, já tinha sido premiada como a melhor do time  Eu respirei fundo, peguei meu caderno, sentei do lado do meu líder e perguntei “o que estou fazendo de errado?”.

Você assumir que precisa mudar, que deve continuar tentando, que não pode desistir é importantíssimo para a vida. E eu aprendi isso de uma forma profunda com as experiências em vendas.

 

3- Inteligência Emocional:

Trabalhar com metas, resiliência e inteligência emocional estão diretamente relacionadas. Eu aprendi a ter inteligência emocional trabalhando com metas e pressão. Você tem que entender que trabalhar com pessoas requer muito paciência e controle. Nesta área eu aprendi que a impulsividade não é uma boa aliada e, para mim, exercícios de respiração ajudam a voltar a razão e tomar decisões inteligentes.

A negatividade me prejudicava muito, fazendo com que eu ficasse desmotivada até para ir trabalhar. Eu consegui a superar estas situações, acreditando no meu potencial e no meu talento. Com certeza era um exercício diário: respirar fundo e ressaltar as minhas qualidades para mim mesma.

Manter uma boa relação com seu líder ou gestor é muito importante. Quando você estiver com alguma dificuldade, converse com ele, não tenha medo de se expressar. Guardar algo para si é uma armadilha e pode provocar ansiedade, estresse e impaciência. Desenvolver a inteligência emocional foi meu maior desafio, mas me fez crescer em todos os sentidos da minha vida.

 

O desenvolvimento que a área comercial traz para o profissional é inquestionável. Para mim foi e está sendo um grande aprendizado. Saber que eu ainda tenho muito para aprender é sensacional. Se você quer sair da zona de conforto e desenvolver melhor a sua carreira, sem dúvidas eu indicaria trabalhar com vendas por um tempo.

 

Marcadores:

Deixe seu comentário