Rotina de Vendas

COMO OS DIGITAL INFLUENCERS ESTÃO MUDANDO O MERCADO DE VENDAS

Não é segredo que o mundo abriu suas portas de vez para as mídias sociais e o seu negócio precisa seguir o exemplo, caso não queira ser engolido pelo mercado. Com essa mudança, os consumidores passaram a se espelhar uns nos outros – e em suas personalidades favoritas – para tomar sua decisão de compra.

Poucas coisas são mais efetivas na influência de novos consumidores do que uma recomendação positiva ou negativa. Um estudo realizado pela empresa americana de consultoria empresarial McKinsey & Company, comprovou que o marketing do “boca a boca” promove duas vezes mais vendas do que anúncios pagos. Ainda, o índice de retenção dos clientes adquiridos através deste modelo é 37% maior.

Em vista às mudanças mencionadas e à rejeição frente as peças publicitárias convencionais, as empresas têm buscado soluções alternativas para atingir seu público-alvo, sendo uma delas o Marketing de Influência, através de parcerias fechadas com os chamados Digital Influencers ou Influenciadores Digitais.

Os Influenciadores Digitais são pessoas que exercem influência nas plataformas de mídias sociais como Instagram, Youtube, Facebook e Snapchat, e conseguem atingir uma enorme audiência, convertendo anúncios em vendas e norteando decisões de compra de seus seguidores. Marcas como a Nike, Adidas, L’Oreal, TIM, entre outras, já recompensam influenciadores para que criem conteúdos de divulgação de seu produto ou serviço, conectando-se a novos consumidores de um jeito mais direto e orgânico.

As pessoas passaram a esperar que as marcas comuniquem-se com elas de igual para igual, portanto, encontrar o Digital Influencer ideal é uma peça chave para seduzir os consumidores. É importante que a personalidade tenha conquistado um sentimento de confiança e credibilidade com o público-alvo da marca. Alguns aspectos que devem ser levados em conta no momento de escolha são: plataforma social onde o Influencer tem maior presença, alcance das publicações, formas de parceria, alinhamento com a marca, etc.

Outro ponto a ser observado é a definição das métricas que serão utilizadas para mensurar o sucesso da campanha. Taxas como a de tempo e percentual efetivo de engajamento, taxa de conversão, entre outras, permitem que as empresas tenham uma imagem mais clara do ROI ou Retorno Sobre Investimento, gerado pela ação.

A dica é: resista ao desejo de colocar em práticas ideias que não podem ser medidas ou não são específicas e tenha certeza que suas metas são realísticas e diretamente relacionadas não só às preferências do seu público, mas às do Digital Influencer também.

Marcadores:

Deixe seu comentário