Rotina de Vendas

O PAPEL DO VENDEDOR NA ERA DIGITAL

Você já ouviu falar de Caixeiro Viajante? A primeira imagem que me vem à cabeça, ao falar sobre esse tema, é de uma pessoa carregando uma sacola de produtos diversos e viajando longas distâncias. E é mais ou menos isso. Ou era pelo menos. O precursor do vendedor de porta em porta da década passada precisou se aprimorar ou procurar outra profissão, pois o mercado demandava alguém mais “especializado” para o trabalho. Quando esse vendedor se deu conta, conhecimento passou a ser a sua principal arma. Ele se qualificou e impressionava possíveis clientes com informações que só ele tinha. Era fácil diferenciar a sua solução, pois muitos não conheciam nenhuma solução para o problema.

Esse momento acabou. Nós, consumidores, estamos cada vez mais informados e, muitas vezes, sabemos o que precisamos antes de entrar em contato com qualquer empresa que tenha a solução dos nossos problemas. Onde o vendedor entra nessa história? Quando é bom ter um vendedor nos ligando/mandando e-mail para falar sobre o produto dele? Aí está! Eu só quero ter contato com o vendedor se eu tiver uma dúvida ou se ele puder me oferecer um produto melhor/mais barato do que eu imaginava. Logo, o vendedor tem que conhecer muito bem o meu problema, ele precisa me escutar antes de me vender. Na era da tecnologia, o vendedor deve demonstrar humanidade!

O papel do vendedor é ajudar uma pessoa a tomar uma boa decisão de compra, para si ou para o seu negócio, de forma que ela se sinta satisfeita com o processo que a levou a tal decisão e também com o produto/serviço que adquiriu. Qualquer estratégia de vendas moderna deve ser focada em encontrar os clientes certos e não convencer as pessoas a comprar seus produtos. O vendedor deve possuir uma série de competências e conhecimentos que permitam que a conversa com um possível comprador seja o mais natural possível. Por isso, meu amigo, se coloque no lugar do consumidor quando fores oferecer uma solução para os problemas dele. Seja humano!

Marcadores:

Deixe seu comentário